CodeCamp blog


Por que meu Perfil no Instagram não é Público?

Demorei pra começar a usar minha conta no Instagram, mas logo que comecei, me espantei com a rapidez que os seguidores apareceriam. Gente que nunca vi e não fazia ideia de onde vinha.

Querendo espalhar para mais gente meu trabalho, achei que estava tudo bem deixar minha conta pública, já que tomo cuidado com o tipo de publicação que faço. Sempre entendi que nas redes sociais devemos compartilhar apenas o que é socializável, para minimizar os riscos e os vexames.

No entanto, descobri recentemente vários sites que utilizam os perfis públicos do instagram para criar landing pages com anúncios misturados as fotos! O que mais me irritou foi um, que já até saiu do ar (http://photo365.co/), que tinha anúncios pornográficos misturados com meus posts.

Obviamente alterei a privacidade da minha conta no Instagram. Agora é Privado. Pode pedir pra me seguir!

O maior problema nem é o fato de ter espertinhos usando perfis públicos para lucrar com o conteúdo alheio, e sim a quantidade de resultados nas primeiras páginas das buscas quando te procuram no Google, pois esses sites aparecem antes de resultados verdadeiros e relevantes.

Se o seu perfil é público, faça uma busca no Google com seu usuário do Instagram (@snvas) e veja se você não aparece numa página dessas… (Recomendo abrir os sites com cautela, pois tentam abrir de tudo no seu navegador)

http://imgrab.com/instagram/seuusuario

http://www.pictaram.com/user/seuusuario

http://www.imgrum.net/user/seuusuario

http://picbear.com/seuusuario

http://ko.klear.com/profile/seuusuario

https://www.p1c.online/seuusuario

http://insharee.com/

https://socialmediafeed.me/

Ah, e ainda tem essa ferramenta que mostra um relatório com todos os dados do perfil, como número de posts, seguidores, taxa de engajamento, total de likes e comentários.

https://websta.me/

Se você conhece mais algum link suspeito, comente aí e avisa os colegas!

Licença Creative Commons


cursos online    design    edtech    google for education    google innovators    inova    professores    programar    redes sociais    startups    storytelling    tecnologia